sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Dia 4 de agosto

Escrito por Francine:

Dia 04/08/2009

Segundo dia deTPM, ontem estava pior, bem mais mal humorada. Hoje estou com um sentimento que não consigo descrever, será fissura? Mas não tenho a vontade de ir atrás, será vontade de comer doce? Muita muita vontade de fumar um cigarro, um não, vários e tomar uma café, são 15 e 35 e só vou poder fazer isso daqui a 3 horas, estou agoniada, muito agoniada. Não sei se resolveria meu problema tomando um diazepam. Mas estou em horário de trabalho e está um pouco parado aqui, vai ver é por isso. Não sei descrever o que estou sentindo. Será pela TPM? Angústia? Fissura? Não sei....também não dá vontade de chorar. Sentimento esquisito esse. Não, não é por causa da festa que estou assim, Quanto a festa estou segura. Acho que é de fumar um cigarro e não poder. Tenho que aguentar 3 horas. Estou agoniada sabe pra que? Para ir na dança de salão amanhã. Não vejo a hora. Dancar, dancar dancar....como posso gostar tanto? Adrenalina? Libera? Estou sentindo falta de fazer mais coisas durante a semana. Tenho que procurar Pilates urgente. Assim desgasta um pouco. Nos últimos 3 dias me senti muito enjoada. E estou com muita dificuldade de ir ao banheiro. Não consigo todos os dias. Peguei gripe, tosse com catarro e agora estou melhor, quase 2 semanas, mas emagreci 5 kg desde o dia 11 de julho. Enjoada e dor abdominal. Tomei vermifugo 5 dias seguidos (albendazol) do dia 21 ao 25 de julho. Tomei 3 dias de azitromicina dia 30, 1 e 2/08, foi assim que melhorou meu catarro e já estava surda há 2 semanas. Uma vez me deu os mesmos sintomas e o médico disse que era catarro no ouvido. Melhorou. Mas estou enjoada. Diarreia não tive (as vezes que consegui ir ao banheiro). Ai que agonia, não consigo distinguir o que estou sentindo.

Eu me estressei com uma cliente nova, mas fui educada. Conversando com ela, ela falou da pinscher que já tem13 anos e me mostrou uma bola que tem na mama (tumor mamário grande), eu disse que precisaria fazer exame de sangue e a retirada do tumor o mais breve possível e hoje o método mais utilizado é a retirada de todas as mamas de um lado e depois outra cirurgia com a retirada de todas as mamas do outro lado (uma mastectomia total), porque volta sim, em outra mama e tudo mais....sem falar no ultrasom abdominal para saber se não está com tumor em algum outro orgão....dai a cliente respondeu: é.....tem tanta gente que fala para não tirar, que é para deixar assim que é melhor porque senão volta, tem tanta gente que diz que não é para mexer, e tem tanta gente que diz que é perigoso a anestesia (sendo que também expliquei sobre a anestesia que seria a mais segura, a inalatória), também disse sobre os dentes da cadela e do olho, ou seja avisei que ela está com 13 anos, mas nem por isso tem que deixar assim porque tudo tem um tratamento e ela pode dar uma qualidade de vida bem melhor pra cachorra dela que com certeza está sentindo dor.....; a cliente: é, vou pensar, porque tem tanta gente que fala.......aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii me deu vontade de dar um grito!

Falei bem curta e grossa: minha senhora, tem tanta gente que fala fala fala, mas quem tem que falar sobre isso com você é um especialista, por isso estou te indicando o melhor método a ser seguido para sua cachorra de 13 anos que te deu alegria até agora, e agora é a hora que ela mais está precisando de você, então pensa melhor. Sobre pagamento, conversa com o proprietário que eles fazem da melhor maneira que a senhora quiser, o que importa é a saúde do seu cão....ahhhhhhhhhhhh e não esquece do vermífugo e vacinas pois estão atrasadas....muito obrigada, voltamos a conversar e pensa melhor! Pronto, entrei no consultório e bufeiiiiiiiiiiiiiiiii.

Ah não dá....nessa fissura do cigarro, na TPM me vem uma cliente com aquela velha história que tem tanta gente que fala fala fala......vai a merda! Eu respondi super educada, juro, mas por dentroooooooooo....

Está me dando deprê! Não posso ir embora, sou funcionária e tem um cliente que vem aqui no final do dia. O que que me deu? não consigo explicar ! Por enquanto é isso!

As 17 horas tive que sair do consultório e ir na rua do lado fumar um cigarro, a agonia era tanta que não aguentei, precisei, meu coração disparavaaaaaaaa. Me senti um pouco mais aliviada. Meu patrão não estava mas assim que possível vou comunicá-lo pois não costumo fazer isso. Atendi super bem meus clientes das 18 hrs, sai daqui um pouco alegre e conversando com a minha mãe. Cheguei em casa, fumei, comi e depois fumei de novo, com um café. Tomei meu remédio (diazepam e amplictil as 20:30 hs), não deu nada. Estava tremendo e meu coração disparado. As 23 hrs fui comer de novo e fumei outro cigarro. peguei no sono depois da meia noite.

5 comentários:

  1. meu Deus que triste esta agonia que ela sentia... algo que ela não sabia identificar... que cosia triste!!!!
    Judiaria oq aconteceu com a Fran...
    Bjs Isabela...

    Francieli

    ResponderExcluir
  2. Eu realmente gostaria de ter um email, porque ali poderia falar algo mais extenso, concreto e valioso.
    Li, reli e tomei a decisão de postar o comentário.
    À "mãe" só digas q ela nada errou, nada fez nada equivocou. Aos parentes que não faltou apoio estrutura ou ajuda. (nossa me arrepio) E do fundo dos coração a única coisa que aconteceu foi uma fatalidade que acomete muitos e muitos por todo esse mundo, ruas, bairros ricos e pobres.
    Luz, proteção e que deus dê força a toda família.

    ResponderExcluir
  3. parece q estou ouvindoo elaaa!!!! hehehe

    mas coitadaaa como ela tava aguniadaaaa..... qcho q era muita ansiedade de voltar a vida normal, ela se setia muito pressionada, pq não tinha noção da doença dela, achava q estavamos exagerando!!!

    fique triste lendo esse post!

    carol souza

    ResponderExcluir
  4. Márcia Malisevski3 de setembro de 2010 21:48

    Ola'Isabela! Sou bióloga e professora e em nossa escola estamos participando do projeto "Viva sem Drogas" do estado de SC e como estou afastada de sala de aula estou coordenando e no domingo quando saiu a reportagem no Dc e depois de ler seu blog, não tive dúvidas que seria muito importante apresentá-lo aos alunos, que seria a melhor maneira para eles entenderem que quem entra nessa é imensamente difícil sair. Na escola o comentário é geral, obrigada por dividir tudo isso conosco, sinto muito que tenha que ter sido com esse final, mais se depender de vc a Fran não terá ido embora sem cumprir sua missão aqui na Terra. Fique com Deus, beijos

    ResponderExcluir
  5. Isabela, estou acompanhando o blog a algum tempo e nunca postei um comentário, mas fiquei com vontade agora. continue postando, isso pode ajudar muitas pessoas. parabéns pela coragem e iniciativa.

    Obrigado.

    ResponderExcluir